conflitos na equipe

Você sabe como resolver os conflitos em sua equipe?

Mediar as diferentes opiniões e posturas entre os membros da equipe pode ser um verdadeiro desafio para os gestores escolares, que precisam criar meios eficientes para garantir um ambiente harmonioso para todos e o bom andamento nos trabalhos da instituição de ensino.

Dessa forma, é fundamental que o gestor assuma uma postura de clareza e objetividade, evitando a manifestação de favoritismos por nenhuma das partes, e mantenha total imparcialidade em relação aos lados envolvidos.

Para ajudar você nessa importante questão, nós da Sponte separamos algumas dicas de como resolvê-los !

1. No começo da resolução

Neste momento inicial é essencial que o gestor da escola consiga entender o que houve ao escutar as partes envolvidas a fim de ficar por dentro de todos os argumentos levantados. É importante que saiba ouvir e respeitar as opiniões alheias, tendo uma postura profissional e ética. É nesta hora que a neutralidade do gestor deve prevalecer.

2. Durante a resolução

Com o contexto explicado e compreendido, o gestor deve se colocar no lugar das pessoas envolvidas com a intenção de melhor entender o que elas estão defendendo e seus motivos. Ter empatia em momentos de discordâncias é algo que pode auxiliá-lo na hora de resolver a questão. É durante a resolução do conflito que é importante que o gestor deixe que as partes envolvidas conversem de forma calma e compreensível na sua presença. Assim, elas se sentem dispostas para explicar seus pontos de vista.

3. Final da resolução

Depois de escutar todos os lados, o gestor estará com material suficiente para pensar em qual decisão será tomada. O ideal é que seja clara e objetiva, de modo que ao explicar sua resolução, todos entendam os motivos. É neste momento que pode ser organizada uma reunião com todos os funcionários, com o objetivo de explicar o que gerou o conflito e as medidas que foram tomadas.

Além disso, é importante que o gestor assuma uma postura compreensiva em relação aos demais funcionários para que não os afaste, piorando o problema. Também é essencial manter a equipe motivada e ciente de que o bom trabalho que desempenham está sendo visto e valorizado – uma forma eficaz para reduzir as divergências entre os profissionais.

Por fim, não adie a resolução das divergências para que as demais pessoas da equipe e da escola em geral não sejam afetadas por elas, evitando que essas situações atrapalhem a rotina em sua instituição de ensino.

Como você lida com os conflitos em sua escola? Tem algum método especial para lidar com essas situações? Conte para nós nos comentários.

Conte sempre com o Sponte, seu Software de Gestão Educacional.

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *