Reduza custos e combata a inadimplência.

A Sponte está lançando um novo serviço para simplificar ainda mais a gestão de boletos bancários. É mais uma inovação para auxiliar o gestor escolar, visando a redução de custos operacionais e tarifas bancárias bem como promover a redução da inadimplência.

Esse produto é resultado da nossa parceria com a VINDI, especialista em meios de pagamento. Para explicar com mais detalhes, vamos contextualizar o cenário atual de boletos bancários e o formato de boleto automatizado emitido a partir de um facilitador de pagamentos.

Confira!

* Este novo serviço está disponível para os clientes dos segmentos Educação Básica, Cursos Livres, Profissionalizante, Técnico, Faculdade e Pós-Graduação.

Boleto bancário convencional na Educação

No setor de educação, o boleto bancário continua sendo um dos principais meios de cobrança, porém as instituições que ainda fazem a emissão desses boletos manualmente acabam perdendo muito tempo (e dinheiro) por não automatizar seu processo.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) já anunciou o fim do boleto sem registro. Por enquanto, essa mudança tem sido implementada de forma sucessiva, por faixa de valores, mas, em breve, todos os boletos emitidos vão precisar ter informações do cliente como CNPJ / CPF e endereço.

E se você ainda não sabia, a carteira registrada é composta de uma cesta de tarifas, de liquidação, de alteração, de manutenção de boleto vencido e etc, e quem não tiver um facilitador de pagamentos vai precisar sempre negociar o valor das tarifas com o banco para cada item.

Qual a diferença entre o boleto bancário convencional e o modelo automatizado?

Pense o seguinte: quem não possui um sistema automático precisa sempre acessar o ambiente do banco para fazer a emissão dos boletos como também a conciliação. Com isso, acaba perdendo um tempo precioso que poderia ser investido em como atrair mais alunos para sua escola.

Outra desvantagem para quem escolhe emitir seus boletos de forma manual é que esse processo acaba criando a demanda de uma equipe financeira muito maior, o que também gera mais custos.

E qual seria então a melhor saída? Automatizar! Entre os benefícios, podemos destacar:

  • Emissão de boletos em apenas 30 segundos;
  • Envio automático do boleto ao aluno na data programada;
  • Custo menor comparado aos bancos;
  • Lembrete por mensagens para os alunos sobre a fatura em aberto;
  • Ferramentas que ajudam a diminuir a inadimplência.

Para as escolas e instituições que precisam cobrar seus alunos por boleto todo mês, existem ainda outras vantagens que vamos falar de forma mais detalhada logo abaixo, acompanhe a leitura.

Redução de custos

Adotar o boleto online enviado por e-mail, evita custos com mão de obra e também o gasto com papel ou mesmo energia. Sem mencionar também a economia de tempo, já que não é preciso emitir os boletos um a um.

Recálculo de valores

Se o aluno atrasar e você precisar cobrar multas e juros na segunda via, com um sistema automático, esse cálculo é feito imediatamente e não apenas na próxima fatura, isso colabora com a antecipação do recebimento dos encargos gerados.

Gestão financeira

Com a plataforma de um sistema de emissão de boletos automáticos, você tem um painel e pode fazer a gestão e controle dos títulos. Assim é possível saber se o aluno recebeu ou não o documento a ser pago, além de poder gerenciar e conciliar o boleto bancário de forma fácil.

Rapidez e segurança

Quando o boleto é enviado por e-mail, a entrega é ágil e você tem a vantagem de não precisar se preocupar com imprevistos como greve dos correios ou mesmo extravio do documento. Sem falar que você pode gerar títulos de qualquer lugar, sem precisar acessar sites e ambientes de bancos.

Automatização do processo

Com um sistema, tudo é feito apenas apertando um botão, desde a emissão dos títulos até notificações ao aluno. O único trabalho que você tem é fazer o cadastro, escolher o plano, definir a data de cobrança e quais meses o cliente deve receber o boleto. Depois todo processo passa a ser automático.

Taxas cobradas pelos bancos X taxas de um emissor de boleto automatizado

As taxas cobradas para emissão de boletos com os principais bancos do país, podem variar de acordo com a negociação feita entre a empresa e a instituição financeira.

Abaixo listamos a tarifa média. As informações foram coletadas em 31/08/2016 pela empresa VINDI, parceira da Sponte em soluções de pagamento:

Boletos com registro

  • Itaú: R$ 6,00
  • Santander: R$ 10,00
  • Caixa: R$ 5,90
  • Banco do Brasil: R$ 7,00
  • Bradesco: R$ 6,60

Sem contar as tarifas que são cobradas caso você tenha um protesto, uma manutenção por título vencido ou mesmo precise fazer alterações nos dados.

Com um facilitador de pagamentos, é possível pagar, em média, R$ 3,50 por boleto liquidado, ou seja, você terá custo somente no pagamento do titulo e não na sua emissão ou manutenção.

Gostou? Deseja implantar essa modalidade de cobrança em sua escola?

Para adquirir o serviço entre em contato com a VINDI através do telefone (11) 5904-7380 ou pelo e-mail atendimento@vindi.com.br e faça a sua contratação.

Qualquer dúvida contate o time de Suporte Sponte através dos nossos canais de atendimento, Chat online, e-mail suporte@sponte.com.br ou pelo telefone (46)330-2370 e saiba como se beneficiar dessa e de todas as demais soluções desenvolvidas especialmente para auxiliar na gestão escolar.

Maiores informações em:  https://aceitafacil.com/

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *