aulas-práticas-crianças-pintando

Por que aulas práticas (ou colocar a mão na massa) são importantes para o desenvolvimento dos alunos

Frequentemente surgem inovações a serem implementadas nos processos de ensino das crianças e dos jovens. Algumas escolas estão atentas às novas tendências de educação e têm mudado a forma de trabalhar determinados conteúdo com seus alunos. Uma dessas novas formas de ensino é a aula prática, fazendo com que o aluno aprenda ao colocar a mão na massa.

Essa técnica de aprendizagem apresenta diversos benefícios para o ensino e, principalmente, para o desenvolvimento dos alunos. Desse modo, esses métodos são extremamente importantes para a educação, já que estudos indicam que os alunos aprendem mais e melhor ao executarem suas habilidades ao contrário de uma aula expositiva.

Conheça o Movimento Maker

O Movimento Maker está relacionado ao conceito de Faça-Você-Mesmo e, em muitas vezes, com a tecnologia. É uma maneira de provar que qualquer pessoa pode desenvolver algo com as suas próprias mãos e utilizando seus conhecimentos.

A educação está colocando o Movimento Maker em execução com desafios e atividades práticas que são propostos para as crianças e jovens. Dessa forma, é responsável por fazer com que os alunos exercitem suas capacidades de pensamento crítico, habilidades socioemocionais e que participem de atividades Maker.

As atividades podem estar relacionadas com qualquer disciplina e podendo, até mesmo, ser uma maneira de praticar a interdisciplinaridade e envolver todos os professores e alunos nos processos de aprendizagem.

Afinal, quais são os benefícios de colocar a mão na massa?

Trabalhar atividades lúdicas e que as crianças e os jovens precisem colocar a mão na massa apresentam diversos benefícios para educadores e para os alunos. Saiba quais são as principais vantagens a seguir.

– Colocando a mão na massa, os alunos conseguem aprender com seus erros e acertos, sendo uma oportunidade de aprenderem utilizando o método de teste de hipóteses e exercitando suas habilidades e conhecimentos;

– É uma maneira de os alunos colocarem suas ideias em prática, fazendo com que eles possam se expressar no ambiente escolar e sendo protagonistas de sua aprendizagem;

– Também é uma maneira de ensinar conteúdos novos de uma forma lúdica e sendo possível que os alunos vejam na prática o que os livros didáticos e apostilas ensinam na teoria;

– Os exercícios e atividades que necessitam colocar as mãos na massa – ou Maker – auxiliam o desenvolvimento do caráter e das habilidades socioemocionais dos alunos.

– Além disso, as atividades Maker trabalham o espírito de equipe ao ser preciso que as crianças e os jovens se juntem e colaborem uns com os outros para solucionar o que está sendo proposto como desafio pelo educador;

– Colocar a mão na massa faz com que as crianças e os jovens precisem exercitar o pensamento crítico. Com isso, eles são capazes de se saírem melhor nas demais atividades das disciplinas escolares;

– As atividades Maker trabalham a inclusão dos alunos, já que cada um, de acordo com suas preferências e habilidades, pode apresentar um conhecimento. Dessa forma, todas as crianças e os jovens podem participar e se sentir incluídos.

Conclusão

As aulas práticas precisam ter a sua devida importância reconhecida, visto que esse método de ensino é uma oportunidade de engajar com alunos e com a equipe pedagógica ao estimular a criatividade, a aplicação de conhecimentos e o trabalho em equipe.

Como você aplica as aulas práticas em sua escola? Deixe a sua opinião nos comentários abaixo.

Conte sempre com o Sponte, seu Software de Gestão Educacional.

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *