O desafio da rematrícula

O desafio da rematrícula: saiba como alavancar esse índice em sua instituição de ensino

Quando o fim do ano letivo se aproxima as instituições de ensino começam a criar estratégias para captar novos alunos e acabam deixando de lado (ou dando menos importância) a retenção de alunos. Esse erro, embora seja comum, deve ser evitado pois os recursos e esforços para reter alunos é menor do que para captar novos. Além disso, contar com a fidelização de seus estudantes é uma ótima forma de consolidar a imagem da sua instituição no mercado.

Acompanhe a leitura e confira algumas informações que vão te ajudar a alavancar o índice de retenção de alunos na sua escola.

Durante a captação de alunos não faça promessas e nem propaganda ilusória

A fidelização de alunos é um processo que começa já no momento da captação. Ao receber os futuros alunos e seus pais na instituição seja claro e transparente acerca dos processos, do projeto pedagógico, dos cursos e infraestrutura oferecidas e dos projetos de melhoria. Tenha um diferencial e convença seu público de que a sua escola é a melhor opção para ele.

Depois de matriculado, os alunos (e seus pais) precisam perceber que tudo o que foi falado na época de matrícula realmente acontece e que as melhorias estão sendo feitas. Assim, seu público não fica com a má impressão de que sua instituição não cumpre o combinado e passa a confiar nela.

Ao longo do período letivo tenha boas práticas e cative seu público

O sucesso na retenção de alunos depende muito do bom andamento do ano letivo e esse, por sua vez, depende de uma boa integração de todos os setores da sua escola.

Práticas como capacitar seu corpo docente, oferecer uma boa infraestrutura, ter aulas diferenciadas que cativem e obtenham a atenção de seus alunos, bem como ter uma boa comunicação com os pais – informando-lhes sobre tudo o que acontece na vida escolar do filho, convidando-os a participar de eventos no espaço escolar e mostrando interesse nas suas opiniões e necessidades – são ótimas formas de conquistar a comunidade escolar e reter seus alunos.

Ao mesmo tempo, é preciso ter uma boa equipe para resolução de conflitos, contar com uma boa gestão e com um sistema eficiente de gestão para automatizar os processos e evitar problemas como perda de dados, demora para entrega de notas e tudo que passe uma imagem ruim da sua instituição. É claro que, em alguma medida, nenhuma escola é livre de problemas, mas contar com meios de resolvê-los de forma rápida e sem alarde mostra maturidade e preparo.

Portanto, se sua instituição caminha bem e sabe resolver seus conflitos, o processo de retenção de alunos acontece igualmente bem.

No final do ano letivo não concentre seus esforços apenas na captação de alunos

De nada adianta você proporcionar para seus estudantes uma ótima experiencia ao longo do ano se, ao final dele, você se concentrar apenas na captação de novos alunos.

Para continuar na sua instituição, os estudantes e os pais precisam se sentir queridos e importantes. Então, prepare a sua equipe para se dedicar também ao processo de rematrícula.

Montar um kit de rematrícula – com informações a respeito das novidades no novo ciclo e com brindes exclusivos -, realizar reuniões com os pais para informá-los sobre as transformações e melhorias, realizar pesquisas com a comunidade escolar para saber onde investir maiores esforços, oferecer descontos, entre outras, são boas estratégias para garantir a retenção de seus alunos.

 Evite a burocratização do processo de rematrícula

Uma rematrícula demorada e burocrática pode fazer muitos pais buscarem por outras instituições que oferecem soluções mais facilitadas. Por isso, procure meios de tornar esse processo rápido e prático – uma boa opção é oferecer a possibilidade de rematrícula via internet.

Ofereça soluções viáveis para resolução de pendências financeiras

Muitos casos de transferência de alunos se dá por problemas financeiros – pode ter havido uma mudança no quadro familiar ou, com o aumento da taxa, a mensalidade ficou acima do orçamento dos pais, por exemplo. Para não perder muitos alunos por esse motivo, busque realizar uma análise financeira da sua instituição e encontre soluções viáveis – tanto para instituição, quanto para família – para resolução de pendências e negociação de valores referentes à mensalidade.

Saiba o que os alunos e seus pais buscam e se atualize no mercado

As preferências e necessidades de seu público acompanha a evolução da sociedade. Por isso, estar atento às mudanças e novidades no mercado, bem como às novas necessidades de seus estudantes, é fundamental para conseguir alavancar o índice de retenção de alunos da sua instituição de ensino.

Analise os dados relacionados a transferências

Mesmo que você tenha adotado todas as práticas acima é possível que alguns alunos ainda optem pela transferência. Nesses casos, analise o perfil desses alunos, bem como o perfil da escola para a qual eles se transferiram. Assim, você saberá se a transferência ocorreu por incompatibilidade de perfil entre estudante e instituição ou se a concorrência oferece algum diferencial e está se posicionando no mercado melhor do que você.

Com esses dados é possível criar várias estratégias para alavancar e consolidar sua marca e evitar a perda de alunos.

Gostou das nossas dicas? Usa uma estratégia diferente em sua instituição? Conte-nos sua experiência através dos nossos canais de comunicação.

A Sponte trabalha para você se concentrar naquilo em que é especialista: o aprendizado de seus alunos. Conte sempre com o Sponte, o seu Software de Gestão Educacional!

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *